Blog do Portal dos Casamentos

O que mudou em 50 anos de casamentos

60s ica wedding london 0050

O casamento ainda é a realização de um sonho e a celebração de muitos casais que querem eternizar a relação. O casamento é celebrado em todos os cantos do mundo embora seja realizado de forma diferente em cada cultura. Contudo, em muitos desses lugares a tradição sofreu várias mudanças nos últimos 50 anos. A internet veio facilitar a pesquisa de referências e faz com que se inove e modernize os casamentos com bastante facilidade.
Então, o que mudou nas últimas décadas entre um casamento moderno e outro mais antigo?

1. Cada vez mais se casa mais tarde

Há 50 anos, o casamento era um sinónimo de estabilidade financeira. No geral, as pessoas não se focavam tanto na carreira profissional e acabavam por se casar mais cedo. A idade média dos noivos rondava os 20 anos. Atualmente os casais optam por celebrar o matrimónio por volta dos 30 anos de idade. Dão mais prioridade à realização profissional e à estabilidade financeira. Mas não só as realizações pessoais, viagens e o facto de quererem aproveitar a vida de solteiro, sem compromisso, são motivos para chegarem uns anos mais tarde ao altar.

2. As festas são cada vez mais exclusivas e personalizadas

Entre 1970 e 1990, os casamentos tinham, por norma, muitos convidados. Alguns deles, nem os próprios noivos conheciam, isto porque o tamanho do casamento era um sinal de prestígio para os pais do casal. Casamentos considerados especiais tinham, no mínimo, 500 convidados e alguns chegavam a ter 2000 pessoas! Nos dias de hoje ainda existem casamentos com muitos convidados estão completamente fora dos padrões.
Hoje, os pais interferem pouco nas decisões. Toda a preparação fica por conta do casal, com mais liberdade para personalizarem o seu dia, com os convidados que são realmente importantes na sua vida. Daí ser normal vermos cerimónias com 50 pessoas ou menos. Esta moda deu origem aos chamados "mini weddings", caracterizados por algo mais simples e intimista.

3. Não há regras

Nada como fugir aos padrões e estar livre para escolher os detalhes sem se preocupar com protocolos. Quase nem se ouve falar em etiquetas de casamento. Vale tudo, desde a forma como se convida, até a receção. Antigamente, era tudo feito de um modo muito específico e formal. Dava a sensação que todas as cerimónias pareciam iguais, só mudavam os noivos.

4. Pista de dança

A dança é provavelmente o momento mais esperado dos casamentos actuais. Muita gente nem imagina que isso não era comum nas décadas passadas, em que a música, quando havia, era só ambiente. Os DJs e as bandas ao vivo passaram a ser fundamentais para um casamento animado.

Veja Também

5. Casamento por amor e vontade própria

Não foram só as festas que mudaram. A forma como as pessoas entendem o casamento também mudou. Os casamentos antigos eram influenciados pelas famílias e nem sempre começavam pelo amor do casal. Hoje, o amor é o grande combustível, mas ele nem sempre se sustenta. Por isso, o número de divórcios é bem maior nos dias de hoje, justamente porque ninguém se sente obrigado a manter um relacionamento só para mostrar à sociedade. É importante lembrar que não havia casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Atualmente, a paixão entre duas pessoas é transversal ao género e muitos casais estão bem mais felizes sendo quem quiserem ser.
O papel da mulher também mudou. Antigamente era mais submissa ao marido e a sua única função era ser mãe e cuidar da casa. A sua atual independência faz com que o casamento seja uma relação de parceria em todos os sentidos.

As tendências do casamento moderno são, portanto, o resultado de vários factores, entre eles, a independência e a liberdade para viver e ser feliz sem perder a essência.


Encontre aqui os fornecedores ideais para o seu casamento!
Pedido de Orçamento Gratuito

Ver mais artigos
Ao navegar neste site aceita a utilização de cookies. Mais informações